Saiba quais são as proposições mais quentes da semana no Congresso Nacional

Imagem em vetor para representar a tributação dos serviços de streaming
Tributação em serviços de Streaming: tudo que você precisa saber
5 de novembro de 2021
Big Techs: como são regulamentadas e até onde vão seus poderes?
12 de novembro de 2021

Olá! Confira quais são as 10 proposições mais quentes da semana no Congresso Nacional, de acordo com a inteligência de dados da Inteligov.

 

De 8 a 12 de novembro de 2021

 

1º lugar, com 99.33% de chance de aprovação

PL 4513 de 2020, da Deputada Angela Amin (PP/SC), que institui a Política Nacional de Educação Digital. A proposta está na Ordem do Dia do Plenário da Câmara, do dia 08/11, às 18h. 

2º lugar, com 98.04% de chance de aprovação

PL 1665 de 2020, do Deputado Ivan Valente (PSOL/SP), que dispõe sobre os direitos dos entregadores que prestam serviços a aplicativos de entrega durante o estado de calamidade pública decorrente da pandemia. A proposta está na Ordem do Dia do Plenário da Câmara, do dia 08/11, às 18h. 

3º lugar, com 92.34% de chance de aprovação

PL 6613 de 2009, do Supremo Tribunal Federal, que altera a Lei que estabelece o plano de Carreira dos Servidores do Poder Judiciário da União. A proposta está na pauta da Comissão de Finanças e Tributação, do dia 10/11, às 9h15. 

4º lugar, com 91.39% de chance de aprovação

PL 7419 de 2006, do Senado Federal, que dispõe sobre a cobertura de despesas de acompanhante de menor de 18 anos, inclusive quando se tratar de internação em UTI ou similar. A proposta está na pauta da Comissão Especial, do dia 09/11, às 14h. 

5º lugar, com 90.96% de chance de aprovação

PL 38 de 2015, do Deputado Sérgio Vidigal (PDT/ES), que cria a tarifa social de energia elétrica para os Hospitais Públicos e Filantrópicos em todo o País. A proposta está na pauta da Comissão de Finanças e Tributação, do dia 10/11, às 9h15. 

6º lugar, com 84.96% de chance de aprovação

PEC 23 de 2021, do Poder Executivo, PEC dos Precatórios que altera os artigos 100, 109, 160, 166 e 167 da Constituição e acrescenta os artigos 80-A e 101-A no Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. A proposta está na Ordem do Dia do Plenário da Câmara, do dia 08/11, às 18h. 

7º lugar, com 67.63% de chance de aprovação

PL 1609 de 2007, do Deputado Dr. Talmir (PV/SP), que dispõe sobre a substituição gradativa, em todo o território nacional, de combustíveis derivados de petróleo por outros produzidos a partir da biomassa, e dá outras providências. A proposta está na pauta da Comissão de Finanças e Tributação, do dia 10/11, às 9h15. 

8º lugar, com 51.46% de chance de aprovação

PL 1917 de 2015, do Deputado Marcelo Squassoni (REPUBLICANOS/SP) e outros, que dispõe sobre a portabilidade da conta de luz, as concessões de geração de energia elétrica e a comercialização de energia elétrica. A proposta está na pauta da Comissão Especial, do dia 09/11, às 14h. 

9º lugar, com 47.29% de chance de aprovação

PL 7804 de 2014, do Deputado Pedro Paulo (MDB/RJ), que institui a Lei de Dados Abertos. A proposta está na pauta da Comissão de Finanças e Tributação, do dia 10/11, às 9h15.

10º lugar, com 46.74% de chance de aprovação

PEC 122 de 2015, do Senado Federal, que altera a Constituição para proibir a imposição e a transferência, por lei, de qualquer encargo financeiro decorrente da prestação de serviço público para a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios e dá outras providências. A proposta está na pauta da Comissão Especial, do dia 09/11, às 14h. 

 

Até a próxima!

Assine nossa newsletter