Entenda definitivamente como construir relações sólidas na interação com o setor público

Entenda mais sobre as técnicas para aprimorar o mapeamento de stakeholders de uma empresa nos setores público, privado ou do terceiro setor. Confira!
Como melhorar o mapeamento de stakeholders em sua organização?
22 de abril de 2019
Como desenvolver sua capacidade analítica? No artigo, trazemos uma série de dicas que podem ajudar nesse processo. Confira!
Como desenvolver sua capacidade analítica: veja 5 dicas essenciais
7 de maio de 2019
Veja dicas de como construir uma relação sólida com o setor público, sem infringir a lei e tornar seus processos com esses órgãos mais eficientes.

Diante de anos de denúncias sobre diversos escândalos de corrupção, tanto a população quanto o setor público tem buscado, com maior frequência, relações com lisura e honestidade. Esses valores éticos e morais são cada vez mais necessários e precisam ser transpassados em todas as ações da organização.

Esse ponto precisa, necessariamente, estar transparente nas relações com o setor público, principalmente, quando membros da sua empresa necessitam ter contato com agentes públicos. Por isso, construir relações sólidas entre a empresa e essa área é fundamental para conquistar a confiança dos envolvidos.

Continue lendo e veja como estabelecer uma relação sólida entre as partes, conseguindo alavancar projetos e propostas necessárias para fazer sua área crescer, de forma honesta, segura e eficiente.

Vivemos em um momento essencial para se construir relações sólidas no ambiente corporativo

De modo geral, vivemos em um momento no qual a construção de relações entre as mais diferentes áreas é cada vez mais fundamental. Isso vale para as empresas B2B, B2C, nos contatos com fornecedores, com o público em geral, etc. E, não seria diferente nas relações entre companhia e políticos.

Um grande exemplo de como esse é o paradigma atual vigente, é a importância do marketing de relacionamento como estratégia fundamental para conquistar novos clientes e reter aqueles que já sejam antigos. Seu objetivo é gerar uma rede de confiança entre a empresa e o público, de forma a se conseguir criar, de fato, um relacionamento entre as partes e trazer resultados mais eficientes.

Quando falamos em contatos políticos para aprovação de projetos, isso se torna mais proeminente ainda. Isso porque é necessário tornar claro o quanto determinados projetos podem agregar positivamente para o mercado em que estão inseridos. Lembre-se que há diversas outras pessoas e concorrentes que estão também defendendo seus interesses diante dos órgãos públicos e você precisa sair na frente da concorrência.

Um bom relacionamento é fundamental para um resultado satisfatório

Pense na sua vida pessoal. Quando você precisa de um favor, como dinheiro emprestado ou ajuda em alguma tarefa, quem, normalmente, auxilia você? Seus amigos mais próximos ou pessoas desconhecidas? É bem possível que seja a primeira opção, certo? Mas, por que isso ocorre?

Em primeiro lugar, você já sabe melhor como se conectar com o seu interlocutor, sabendo como convencê-lo a fazer o que você precisa. Isso é fundamental para conquistar seus objetivos, sabendo como ser persuasivo com essas pessoas. Além disso, quem não é próximo a você e não lhe conhece, provavelmente, não saberá se o favor será utilizado para fins benéficos ou não, bem como se vale a pena fazê-lo. Assim, há uma maior propensão de conseguir aquilo que precisa quando há uma relação de confiança entre as partes.

O mesmo ocorre no mundo corporativo. Quanto mais forte for a confiança estabelecida entre as partes, maiores serão as chances de se conseguir aquilo de que necessita para o bem da sua empresa, seja com os agentes públicos, os parlamentares ou com os responsáveis por órgãos públicos (sempre agindo com lisura, obviamente). Por isso, a manutenção de relacionamentos é fundamental e estratégica.

Sabendo como construir relações sólidas com o setor público

Mais do que saber sobre a importância das relações com o setor público, é necessário identificar como começar a construir esse laço com os agentes públicos, sem ferir a legislação e agindo de forma idônea em todo o processo. A seguir, você verá dicas de como fazer isso, lembrando que as sugestões abaixo podem ser utilizadas também para o estreitamento de laços com outros componentes da vida corporativa, com o público e parceiros. Veja os principais passos para conquistar esse objetivo.

Seja transparente

Relações das mais diferentes naturezas são construídas por meio de transparência entre as partes. Quanto mais claro você for em relação às suas intenções, maior será a troca entre a organização e os agentes públicos.

Além disso, ser transparente faz com que eles percebam que sua organização preza pela lisura e integridade das relações com os agentes governamentais. Afinal, quanto mais eles puderem evitar se envolver em questões que possam representar riscos de ferir a legislação, melhor! Se a sua empresa age de acordo e deixa isso transparecido, torna-se mais fácil conquistar a confiança deles.

Demonstre ética em cada ação

Não adianta somente ter um discurso ético: é preciso ser ético, na prática. Afinal, a práxis é o que fará a diferença na relação com os agentes governamentais. Por exemplo, não adianta você publicar na sua missão que age em consonância com a legislação e um colaborador seu se portar de forma contrária, por exemplo.

Por isso, todas as ações da empresa necessitam ser permeadas por condutas éticas. Em um mundo cada vez mais publicizado, devido à penetração das redes sociais e o envio rápido de informações, as proporções de uma divulgação de ato ilícito podem prejudicar seriamente o funcionamento da sua organização. Basta ver o ocorrido com diversos atores econômicos atingidos pela operação Lava Jato, por exemplo.

Cumpra prazos estabelecidos

Além de agir de forma ética, é necessário também ser preciso em suas ações. Afinal, a administração pública necessita cumprir prazos, seja na entrega de documentos, entrada em processos, envio de projetos de lei, envio de propostas para mudanças de normas e regulações, entre outros. Se você deseja construir uma relação de confiança, precisa mostrar que sua empresa é séria e comprometida com os procedimentos dos órgãos públicos. Por isso, fique atento aos prazos estabelecidos e evite atrasos.

Mantenha um plano de compliance

Compliance diz respeito a se manter de acordo com as normas e legislação vigentes. É implementar medidas internas que garantam a minimização de ações fraudulentas e atos de corrupção. Isso é essencial, inclusive, para diminuir os riscos de que condutas possam ser interpretadas de forma ruim, até mesmo por ingenuidade ou imprudência.

Para implementar um plano de compliance, pode ser preciso contar com uma empresa de consultoria especializada nesse serviço ou com profissionais que se dediquem aos estudos e aplicações disso nas mais diferentes empresas.

Como vimos, construir relações sólidas no ambiente corporativo, principalmente com agentes públicos, é de extrema importância para o crescimento de qualquer empresa. Por isso, é muito importante saber como fazer isso de forma eficiente, conquistando maior espaço no mercado e alcançando seus objetivos.

Ficou alguma dúvida sobre este assunto ou tem algo a acrescentar? Deixe nos comentários!

Assine nossa newsletter